Dessa vez estou partindo de verdade


"Não espere entender o meu caminho, se não foi você quem o percorreu"

Só eu sei a frustração que carrego na mala e nesse coração. Você acha que não, porque não sabe tudo que sinto do lado de cá. 

Sim, também sei que a minha visão é parcial. Respeito seus medos, mas não tenho com compreendê-las, pois não me parece racional não optar pelo que te faz feliz. Ao mesmo tempo que reconheço que não percorri o seu caminho, não sei se seu chão é de barro ou de asfalto, assim como você não sabe como é o meu.

Existe hoje uma incompatibilidade entre nossos objetivos e desejos. Precisamos reconhecer isso de uma vez por todas. Tentei aceitar as suas condições e continuar com você, mas não aguento mais tentar me encaixar onde não me cabe. As suas condições me colocam numa situação insustentável. Já as minhas, são de apenas te pedir que decida pelo seu coração. Se não quer me perder, agora é a sua vez de aceitar as minhas condições.

A verdade é que nossos caminhos se cruzaram em um determinado ponto. Quis seguir na sua rota, mas aí tem pouco espaço pra mim, não é mesmo? Talvez não esteja se dando conta, mas não quero mais lutar para me manter a qualquer custo num espaço menor que o meu tamanho. Aqui está apertado, entende? Desconfortável e bem injusto.

Mas você fez a sua escolha, de continuar seguindo da sua forma e agora os nossos destinos começam a ser diferentes. Não sei pra onde estou indo, mas sei que não estou mais ao seu lado. Você está distante, caminhando em outra direção. Dessa vez estou partindo de verdade. Levo na mala muitas lembranças de um futuro tão desejado, mas que não passou de um sonho bonito.

Não posso ser sua amiga, esse lugar também não é meu. Então te peço, pela última vez, que me deixe ir. Preciso me acostumar com a sua ausência, já que a sua forma de presença não me preenche por inteiro. Meu coração está carente e desamparado como nunca. Tenho acordado mais só do que mereço, e te garanto, amor é algo que não mendigamos, e espaço na vida de alguém, muito menos.

Não estou em busca de qualquer pessoa, apenas preciso de me sentir inteira, respeitada e em paz. Sinceramente, acho que não estou pedindo muito. Quero apenas sossego, pensar em coisas simples e sonhar novamente com algo possível. A felicidade pra mim é algo muito cristalino, ela está onde tem amor e verdade, onde se pode ser o que se é. Onde nos tornamos vulneráveis e sem medo, seguros e confortáveis.

Sim, estou indo e dessa vez não me peça pra ficar se não for pra sempre. Respeita o meu sofrimento. Reconheça que não mereço metades e que onde estou não é o meu lugar. A minha dor não é menor do que a de ninguém. É ilusão sua achar que sou mais forte e que por isso posso aguentar tudo.

Dessa vez vou lutar com todas as minhas forças, as poucas que ainda me restam, para seguir essa estrada solitária com firmeza. E quem sabe um dia nossos caminhos se cruzam novamente. Esse é o risco que você escolheu correr.

Farei o que você disse pra fazer: seguirei a minha vida. Dói tanto, mas prefiro que me machuque de uma vez, do que me mate aos poucos.

Comentários